23 de dez de 2007

Festa à fantasia


Festa à fantasia é SEMPRE algo divertido, no mínimo você dá risada com as fantasias (nem que seja por elas estarem ridículas. Ontem não foi diferente, uma festa DEVERAS divertida com presenças ilustres como He-Man e sua irmã She-Ra cometendo incesto (He-Man que é um dos personagens com o nome mais ridículo de toda a história... "Ele-Homem", não sei se isso é um mero pleonasmo ou uma necessidade de auto-afirmação para dizer que ele é MUITO homem), Dona Morte apareceu por lá com sua perigozíssima foice plástica que competia com a cimitarra de Abdul, bruxinhas, gueixas, gregos (os troianos não apareceram), árvores de natal, cowgirls (fantasia improvisada nas coxas), múmias, Emília, Marilyn Monroe, a Pocahontas serelepe que queria deixar todos bêbados e é claro...

AXL Rose oxigenado, que graças a muitos pedidos subiu no palco para dar uma palhinha cantando Sweet Child O' Mine (nem lembro se foi essa mesmo) levando todos a loucura com sua performance repetitiva e desajeitada, quase derrubando metade do palco.

Logo após o espetáculo AXL foi intimado a partir para sua assaz partida de futebol americano contra o Metaleiro, a She-Ra e a Pocahontas (sim, contra todos). Coisa linda... cueca cheia de grama, costas pinicando, cabelos perdidos pelo gramado e, é claro, várias roladas na grama com as pernas para o ar mostrando tudo o que deveria ficar embaixo do Kilt.



Nada mais poderia eu esperar desta festa que terminou as 7h da manhã... bom, talvez um motorista para me levar pra casa, pois eu pesquei umas 3x no volante quando voltava.

Agora vem Natal, ano novo, aniversário... fim de ano é tempo de curtir.
Boas festas para todos.

19 de dez de 2007

Do nada a lugar nenhum

Eu muitas vezes me impressiono com a minha inteligência, mas mais frequentemente me impressiono com a minha capacidade de fazer burrices... e como muitos sabem, eu sou da opinião de que burrice deveria doer, pois só assim se aprende.

Mas eu frequentemente me impressiono absurdamente com a capacidade dos outros de fazer burrices épicas. Gostaria de saber ONDE CARALHOS esse engenheiro queria chegar...

PS: Uma construção digna de M. C. Escher



Assim como a escada, a imagem veio não sei de onde e vai para não sei onde, então não me processem.

18 de dez de 2007

Ilusões idióticas

Ilusão é uma confusão dos sentidos que provoca uma distorção da percepção.
Wikipedia


Ou seja, ilusão é aquilo que faz seu cérebro parecer um idiota. O mais legal de mostrar ilusões de óptica para os outros é que é como se eu fizesse eles sentirem um pouquinho do gostinho de ser daltônico todo dia... hehehe.

Have fun.


17 de dez de 2007

Ridículo e bom

...assim foi me dia hoje, parte ridículo, parte bom. Como tudo na vida.

Começou ridículo, com um telefonema que destruiu o plano inicial de ir para São Carlos escalar na Caverninha, contingência: fomos eu e Max apenas para o Visual AS 6 DA MANHÃ, tendo dormido 2 horas. Vazio, fizemos uma via e depois um dinâmico animal em outra (MASSA DEMAIS).
Daí ficou ridículo denovo quando apanhamos de 2 vias e resolvemos voltar. Ficou bom denovo quando cheguei no churrasco na casa do meu irmão. Ridículo quando tive que voltar dirigindo com MUITO sono. Bom quando sentei pra tomar um açaí com o Tina. Ridículo quando cheguei em casa e num tinha nada pra comer. Bom quando o atroz me chamou pra ir comer rodízio de comida japonesa as 22h. Ridículo ter que dirgir pra casa com mais sono ainda... e MUITO BOM agora que estou deitado e prestes a dormir.

Hoje me mostraram um vídeo ANIMAL de um grupo de americanos que canta demais, enjoy:

13 de dez de 2007

O poderoso chefinho

Um dos meus maiores pecados cinematográficos cometidos até hoje, foi AINDA não ter assistido O Poderoso Chefão.

Eu sei, eu sou ridículo.

Tudo bem que eu conheço a história, conheço algumas cenas e uma vez quase comprei uma cabeça de cavalo de pelúcia, mas é um clássico dos clássicos e eu ainda preciso assistir antes que meu cinéfilo amigo Renato me mate.


Anyway, no youtube tem um videozinho feito pela HBO que conta a história da trilogia em 1 minuto. O vídeo é deveras divertido até para quem não assistiu, mas deve ser ainda mais divertido para quem assistiu.



can I get some respect?

12 de dez de 2007

Tá chegando, chegou!

Ontem foi uma das segundas mais "brabas" dos últimos tempos, uma correria do caramba.
Mas tudo foi recompensado com um ótimo final de dia revendo duas pessoas demais da conta. Depois de um ano longe de nós, meu irmão Gui voltou da terra da rainha para seu bom e velho país tropical, com várias histórias para contar, além da Marininha que já estava quase dormindo quando cheguei.

Faltam 22 dias para o meu aniversário e eu já ganhei meu segundo presente.

Diretamente de Londres, juntamente com o meu irmão Guilopes veio a minha
POWERBAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAALL!!!



É demais, eita trequinho viciante viu!?
Ontem fiquei acordado até umas horas brincando, DIVERTIIIIDO!
Se alguém quiser, ele trouxe uma a mais pra vender.

10 de dez de 2007

Prós e contras

Depois de ficar três semanas sem poder escalar graças ao meu pé, esse fim de semana eu fui colocar meu pé a prova. Eu ia pra caverninha no domingo, mas a chuva que caiu lá sábado impossibilitou a ida, mas dá nada, fui pra pedreira mesmo.

A merda mais óbvia disso é ter passado esse tempo morrendo de vontade de escalar e não poder. A segunda é que provavelmente eu vou estar bem mais fraco amanhã.
Mas tudo tem seus prós também. Nas duas semanas que eu passei com a bota no pé eu tive a oportunidade de realizar um sonho meu:
ANDAR COM AQUELES CARRINHOS PARA DEBILITADOS NO SUPERMERCADO/SHOPPING



Me chamem de criação e/ou idiota, mas foi MUITO LEGAL!!!
E agora eu vou guardar a bota para quando der vontade denovo... HAHAHAHAHA

8 de dez de 2007

Blogosfera

Hoje eu estava dando uma olhada na lista dos meus feeds RSS e "parei para reparar" que cerca de 80% dos sites que eu visito regularmente são blogs e a maioria deles são blogs MESMO, não aqueles blogs que estão mais para sites do que para blogs (tipo o Judão que é praticamente um portal, na minha opinião). Foi então que mais uma vez parei e reparei:

CARALHO, COMO É GIGANTE ESSA "BLOGOSFERA"

Daí eu parei e pensei (chega de reparar) "Po, é impossível absorver todo o conteúdo que você acha interessante desse MUNDO de blogs que existe"... principalmente para um publicitário FAJUTO como eu que não gosta de ler.

Tá certo que minha vida mudou depois que eu conheci o Feed Reader, mas ainda assim é demais pq o meu fica "apitando" de 5 em 5 minutos (tá bom, ainda num fizeram um feed reader que apite... ou fizeram?), dá uma olhada em uma parte dos blogs que eu leio regularmente:
College Humor
Efetividade.net
Jacaré Banguela
Jovem Nerd
Judão
Xpock
Sedentário e Hiperativo
Design Flakes
Vitrola da Carolla
Cordada Infinita
Blog de Escalada
Blog do Baldin
... e a lista continua

PRA PIORAR hoje eu resolvi entrar no BlogBlogs.Com.Br para ir atrás de MAIS blogs interessantes... tô fudido, daqui a pouco vou ter que arrumar um emprego de leitor de blogs.

Daí aproveitei para cadastrar meu blog lá também e agora eu pomposamente faço parte da Blogosfera... HAHAHAHA

Além desse blog inútil, quem lê blogs interessantes e quiser me indicar use os comments para diminuir ainda mais meu tempo de trabalho e tempo livre.

7 de dez de 2007

Mr. Big -Take cover

Fase MASSA, final de semana chegando... VOU ESCALAR (acho).

Lá vai uma música que tenho ouvido em repeat.
Cabelos armados e músicos, hoje acabados, com cara de criança (menos o Billy Sheehan que já nasceu velho) fazem dela uma das minhas muitas preferidas do Mr. Big, que ao contrário do que muitos pensam NÃO tem seu auge musical expresso por To Be With You.

6 de dez de 2007

TENJOOBERRYMUDS

Hoje foi um bom dia, apesar de ter dado zica na homologação do meu antigo emprego. Ganhei o dia com o e-mail que o Vitor me mandou, é MUITO engraçado (quem falar inglês, leia):

By the time you read through this YOU WILL UNDERSTAND TENJOOBERRYMUDS...


In order to continue getting-by in America (our home land), we all
need to Learn the NEW English language! Practice by reading the
following Conversation until you are able to understand the term
"TENJOOBERRYMUDS".
With a little patience, you'll be able to fit right in with the Growing trend!!!
Now, here goes...
The following is a telephone exchange between a hotel guest and Room-service:

SERVIÇO DE QUARTO (SERVIÇO): "Morrin. Roon sirbees."

Hóspede: "Sorry, I thought I dialed room-service."

SERVIÇO: " Rye . Roon sirbees...morrin! Joowish to oddor sunteen???"

Hóspede: "Uh..... Yes, I'd like to order bacon and eggs."

SERVIÇO: "Ow July den?"

Hóspede: ".....What??"

SERVIÇO: "Ow July den?!?... Pryed, boyud, poochd?"

Hóspede: "Oh, the eggs! How do I like them? Sorry... Scrambled, please."

SERVIÇO: "Ow July dee baykem? Crease?"

Hóspede: "Crisp will be fine."

SERVIÇO: "Hokay. An Sahn toes?"

Hóspede: "What?"

SERVIÇO: "An toes. July Sahn toes?"

Hóspede: "I... Don't think so."

SERVIÇO: "No? Judo wan sahn toes???"

Hóspede: "I feel really bad about this, but I don't know what 'judo wan sahn
toes' Means."

SERVIÇO: "Toes! Toes!...Why Joo don Juan toes? Ow bow Anglish moppin we bodder?"

Hóspede: "Oh, English muffin!!! I've got it! You were saying 'toast'...
Fine...Yes, an English muffin will be fine."

SERVIÇO: "We bodder?"

Hóspede: "No, just put the bodder on the side."

SERVIÇO: "Wad?!?"

Hóspede: "I mean butter... Just put the butter on the side."

SERVIÇO: "Copy?"

Hóspede: "Excuse me?"

SERVIÇO: "Copy...tea...meel?"

Hóspede: "Yes. Coffee, please... And that's everything."

SERVIÇO: "One Minnie. Scramah egg, crease baykem, Anglish moppin, we bodder
on Sigh and copy... Rye ??"

Hóspede: "Whatever you say."

SERVIÇO: "Tenjooberrymuds."

Hóspede: "You're welcome."


A noite fizemos um programão nerd... noite divertida, e ainda ganhei meu primeiro presente de aniversário: O DVD DO ERA DO GELO 2 (que eu ainda não tinha).

Bom, celebrando o Nerd Way of Life, aqui vai o link da página oficial do Street Fighter: The Later Years no site do College Humor, com a saga completa até o sexto episódio (pelo menos até agora):

http://www.collegehumor.com/tag:street-fighter-the-later-years

4 de dez de 2007

Plante Árvores com um click!

Recebi um email de uma amiga e achei massa:

"Pessoal,
Ouvimos falar constantemente que temos que plantar árvores para neutralizar a emissão de carbono e assim, sermos ecologicamente corretos. O que sempre me preocupou era ONDE e COMO plantar estas árvores. Não podemos sair por aí plantando em qualquer lugar.

No site http://www.clickarvore.com.br/, de forma GRATUITA, você pode plantar mudas. Elas serão pagas e plantadas pelos patrocinadores do projeto, supervisionados pela instituição SOS Mata Atlântica.
É muito fácil! Você pode plantar diariamente, acompanhar onde foi plantada sua muda e ainda concorrer a prêmios!

Quer jeito mais fácil de ajudar o planeta?

Até mais,
Natália Públio"

Eu acabei de plantar a minha primeira árvore:



e como de costume, um trecho do vídeo Dance Monkeys Dance:
"The monkeys are polluting and raping their planet
like there's no tomorrow;

The monkeys like to pretend that everything is just fine;

Some of the monkeys actually believe that the entire universe
was created for their benefit;

As you can see . . . these are some messed up monkeys"

3 de dez de 2007

Contagem regressiva, 1 mês

Falta exatamente 1 mês para o meu aniversário, quem quiser me dar presentes, DVDs de animação serão bem vindos. Amanhã eu vou ver que dias terei que trabalhar para confirmar se passarei meu aniversário em Ilha Grande... yay.

Esse foi fim de semana DEVERAS agradável:
sexta-feira sossegado, assisti Ratatouille em casa;
sábado assisti Beowulf no cinema e fui num barzinho em Capivari;
hoje fui jantar no Outback (delícia), agora vou tomar um banho e assistir mais algum filme (talvez um DVD de escalada, sei lá)

Vou abstrair o fato de que o Max deve estar em São Bento do Sapucaí agora e que eu nem queria estar lá e vou postar uma foto que ficou muito massa da caverninha de São Carlos, lugar para onde eu devo ir fazer uns boulders no final de semana que vem se meu pé estiver 100%.

30 de nov de 2007

Induncação vein di bersso

A maioria das artes exige longo estudo e aplicação, porém, a mais bela de todas, a simpatia, apenas exige vontade.
(Philip Chesterfield)


Ontem eu saí pra rangar fora com o Bonon e depois do post anterior estava pensando: Nossa, hoje eu vou pra casa, vou dormir cedo, etc.
Eis que quando estava passando pela rua da faculdade avisto um amigo que não via há muito tempo.
RESULTADO: Fui pro bar e ainda quase fui pra balada não fosse ter "perdido" minha carteira (achei no bar).
Beleza, dei várias risadas, foi bem massa pois ontem eu estava em um dia bom, ou como diz o ridículo do Jão: estava no meu McDia Feliz.

Mas ontem eu fiquei impressionado como é possível uma pessoa nesse mundo ser tão antipática e CUZONA - desculpem, mas não tem palavra mais adequada para definir o ser:
Fui almoçar em casa e quando estava entrando no elevador vi que a vizinha (que eu nunca tinha cruzado até hoje) estava saindo e obviamente segurei o elevador para ela.
A (achei uma palavra melhor) BISCATE entra na porra do elevador sem falar uma palavra e sem olhar na minha casa, então eu, todo simpático, forcei um contato lançando um incisivo "BOA TARDE", pensando que não era possível alguém ser tão antipático assim e determinado a arrancar um boa tarde dela. A BISCATE sem nem desviar o olhar da porra da bolsa simplesmente não respondeu, me ignorou completamente. Nesse ponto eu já estava injuriado, não estava acreditando no que estava acontecendo e pensei "QUE FILHA DA PUTA, NUM É POSSÍVEL" e parti para uma abordagem ainda mais agressiva: me joguei o corpo para frente como quem diz "estou falando com vc" e falei alto e pausadamente:
"OI! BOA TARDE!" e ainda dei um tchauzinho didático (ensinando ela a ser simpática)

A VAGABUNDA MALDITA DESGRAÇADA FILHA DUMA PUTA LAZARENTA BISCATE VADIA ARROMBADA SIMPLESMENTE NÃO RESPONDEU!!!!!!!

Ainda me deu um olhar de reprovação do tipo "eu já ouvi, não respondi de propósito seu idiota" e voltou a mexer na bolsa... mas eu estava em um dia bom e meu biscoito Passatempo tava tão bom que eu resolvi abstrair e comecei a pensar se ela poderia ser muda.... poderia ser uma possibilidade. Quando saí do elevador perguntei pro porteiro se ela era sempre super educada assim e o "Xiiiiiii" dele valeu por mil palavras.

Só sei que depois desse episódio eu vou lembrar dessa... infeliz (chega de palavrão) todo dia de manhã e isso vai me fazer querer ser sempre simpático com os outros e ter um bom dia sempre. Hoje para começar vim trabalhar sem a bota imobilizadora no pé, QUE ALÍVIO!

O pé tá melhorando, mas o problema é que o Max veio inventar de me chamar para ir para a caverinha no domingo "É boulder de teto, num força o pé e se você for cair grita que a gente te segura"... SERÁ QUE EU VOU CONSEGUIR SOSSEGAR??? HAHAHAHA

29 de nov de 2007

Aprendendo a não fazer nada

Cerca de um ano atrás uma grande mudança na minha vida foi começar a morar sozinho (nossa, já?). Caramba, como eu aprendi com essa mudança, como amadureci, como mudei:
mudei mentalmente, mudei fisicamente, mudei muitos aspectos que precisavam ser mudadas, também mudei muitas características que NÃO QUERIA ter mudado, mudei de companhias, perdi algumas que me fazem muita falta, mas ganhei outras preciosíssimas que não pretendo perder jamais.
Aprendi algumas coisas com alguns conselhos valiosos, aprendi bastante coisa observando e aprendi ainda mais com muitos erros, mas ainda assim ainda tem MUITA coisa para aprender. Esta mudança brusca e repentina causou um amadurecimento forçado, mas ainda assim esse "um ano e pouco" foi bem tranquilo e bem displicente. Ao mesmo tempo que a novidade assustava era uma fase de oba oba e a partir de janeiro as coisas terão que mudar mais um pouquinho, principalmente no que diz respeito a controle financeiro.

É estranho pensar isso, mas "não fazer nada" é passível de aprendizado. Não é tão fácil quanto pode parecer, ainda mas pra mim, pois eu NÃO CONSIGO falar "não" para um convite para sair.

Hoje mesmo um amigo me chamou para ir em um bar, mas eu tinha que fazer uns freelas. Na hora minha cabeça já começou a fritar tentando pensar em um esquema de terminar o freela rápido para poder sair, ou deixar para fazer depois... até que me veio um pensamento maior: SOSSEGA A RABO SEU DESGRAÇADO, É MEIO DA SEMANA AINDA, TU TEM COISA PRA FAZER E AINDA POR CIMA TÁ COM O PÉ RUIM.

Aí eu sosseguei, hehehe.
- Final de semana se aproximando, QUERO ESCALAR, QUERO ESCALAR!
- SOSSEGA MULEQUE!

27 de nov de 2007

Tá chegando

Dias bons têm me acompanhado ultimamente. CLARO que temos que descontar o fato de eu estar manco e sem poder escalar, mas isso é um mero detalhe.

Ontem (segunda), por exemplo, foi um dia MUITO massa. Tudo bem que eu me atrasei um pouco pro trabalho, mas isso também colabora, pois dormi um pouquinho mais.
Depois de uma semana de molho chegou o dia de tentar dirigir novamente e foi um sucesso. Ficaram me falando que era perigoso dirigir com a bota de imobilização, pois podia enroscar em algum momento, mas foi tudo balela, foi mega tranquilo eu só quase bati duas vezes... "HAHAHA, I told a joke" (como diria Achmed). O dia no trabalho foi corrido, mas ainda assim deveras agradável, dei várias risadas. Na hora do almoço revi os ex-colegas de trabalho e almocei com um amigo, rango bom, papo bom... muito massa.
No fim do dia fui pra casa do Diego fazer uns trabalhos e ficamos muito satisfeitos com o resultado, é muito massa fazer um trabalho e gostar do que sai... depois que sair o trabalho eu posto ele aqui.

Eu estava FELIZ ontem e ainda mais feliz fiquei quando lembrei que:
MEU ANIVERSÁRIO ESTÁ CHEGANDO!!!

Faltam apenas 36 dias para UM QUARTO DE SÉCULO. Holy shit.

Eu queria ganhar um pé novo de presente, mas a única pessoa que me ofereceu algo parecido queria me dar um joelho operado. PRESENTE ESTRAGADO EU NUM QUERO... HAHAHA
Bom, eu vou me dar de presente uma câmero, já que meu equipamento está quase completo, agora falta uma boa mochila para carregá-lo, se alguém se habilitar HEHEHEHE.

PS: AH, assistam o videozinho do Achmed

26 de nov de 2007

Os mancos também se divertem

Esse final de semana percebi que você não precisa andar normalmente para ter um fim de semana bacana, É POSSÍVEL se divertir mancando, hehehehe.

Depois de uma semana inteira indo de carona pro trabalho e andando com uma maldita muleta que mais atrapalha do que ajuda, sexta-feira chegou.

MANDEI AS MULETAS PRA PQP e fui pro bar com o Bonon e sua companheira emo HAHAHAHA, muito massa, altas risadas, pé pra cima e por aí vai. Parei de usar a muleta mesmo e que não me encham o saco. Agora eu só volto a usar elas se for pra cortar fila em banco ou algo assim, hehehe.

Sábado rolou um churrasco de almoço na casa do sub-raça do Joe, o animal agora resolveu casar e se mudar... vai entender. A noite uma pessoa DEVERAS indiscreta, na verdade a Sra. Indiscreta, me convidou para ir ao bar comemorar o aniversário dela.
Regado de retardados e uma ridícula (hahahaha) a noite foi MUITO BOA, curti demais.

Domingão tranquilo jogando, a noite fui assistir a peça dirigida pelo mega diretor Miguel Angelo, vulgarmente conhecido como BOI. Uma peça MUITO divertida com um lanchinho no Gordão para completar a noite.

Eu cheguei à conclusão de que eu preciso urgentemente de uma câmera, o fim de semana passou e eu num tenho sequer UMA foto de registro pra postar aqui.
Agora a semana começa denovo e eu vim dirigindo pro trabalho com o pé imobilizado mesmo!

Será que fim de semana que vem já dá pra escalar??? Brincadeeeeeira, hehehe,

21 de nov de 2007

"The bites killed her, the bites brought her back"

Um momento de INUTILIDADE COMPLETA!

Imagino que todo mundo já tenha assistido filmes de zumbi como Madrugada dos Mortos, ou Resident Evil... não sei vocês, mas eu já fiquei imaginando como eu agiría se aquilo acontecesse realmente.

Pois bem, um Quiz de 15 perguntas responde qual a sua chance de sobreviver durante um "apocalipse zumbi".



Respondam o quiz e comentem seus resultados, hehehe.
Eu fiz o meu e respondi ele como seria caso o apocalipse começasse HOJE, ou seja, tendo em vista que estou com o pé ferrado, tive que responder que não posso correr... o que certamente diminui bastante minhas chances, mas mesmo assim acho que o resultado não foi tão ruim, apesar de que a pergunta da qual tive mais vergonha de responder foi a que pergunta como você se comporta durante um filme de terror, e eu fui obrigado a responder que eu me assusto, mas não faço nenhum som (mas é claro que eu não considerei o xingamento depois do susto).

Para fazer o quiz é só clicar na imagem abaixo que vai direto para a página. E aí está meu resultado:

53%

20 de nov de 2007

Feriado Pt3 - A volta

Ontem foi um domingo bem tranquilo, depois do fatídico acidente no Morro da Babilônia no sábado. Dia em que um churrasco foi organizado e toda a minha família me esperava, meu pai me liga:
"Onde ce tá? O churrasco tá rolando, tá todo mundo esperando você."
"Calma, é difícil voltar com o pé machucado."
"CE SE MACHUCOU???"
"Só um pouquinho"
até então eu não sabia que tinha sido feio e num fazia nem idéia do quanto ainda ia doer hehehehe.
Depois de um ÓTIMO almoço no Only Customs (bar de motociclistas que meu tio frequenta), o domingo consistiu em ficar com a família.

Imobilizado e incapacitado de dirigir, só pude voltar hoje com minha motorista particular. A mais preocupada de todas as mães se dispôs a dirigir meu carro até Campinas e voltar de ônibus.
Infelizmente eu não peguei atestado para entregar no trabalho, mas acho que as marcas do acidente servirão.

No mais, tudo nos conformes. Não vejo a hora de usar meu equipo denovo, mas acho que só daqui duas semanas (PELO MENOS).

Adios

18 de nov de 2007

Uma grande estréia - Sábado

Nossas preces não foram atendidas na sexta (choveu o dia inteiro), mas foram atendidas no sábado. O dia perfeito para escalar: nublado, mas sem chuva.

Lá fomos nós, para o Morro da Babilônia, algumas vias ainda estavam babadas. Conhecemos lá um casal de escaladores MUITO gente boa que deram uns betas pra nós, combinamos de escalar denovo no dia seguinte, etc.
Eu extremamente empolgado para estreiar meu equipo novo e por ser a primeira vez que faço uma via de mais de duas enfiadas.
A gente tava meio receoso, mas como diz meu primo:
"Quem tem medo de cagar, não come".

ANIMAL. Tudo lindo e maravilho. Via massa, visual retardado de bonito, equipo novo tinindo (os mosquetões são muito bons).

Começamos a via, o Nicholas foi guiando a primeira enfiada, segui ele e ficamos os dois na primeira parada dupla rever as coisas e ancorar a mochila para não precisar ficar carregando peso via a cima e então segui guiando a segunda. Continuando assim o Nicholas seguiu a segunda e passou reto guiando a terceira enfiada, que tinha uma travessia de 5m para direita depois da oitava costura, porém no guia dizia que eram necessárias 9 costuras para fazer a via e assim o Nicholas ficou sem costura para continuar. Ao invés de avisar ficou lá parado e pensando na vida hehehe, até que eu perguntei o que tinha acontecido, já que os dois mais embaixo estavam só esperando a gente para continuar a próxima enfiada.
"ENTÃO ANCORA EM PARADA SIMPLES MESMO!!!"
Num é o certo, mas num tinha muito o que fazer. E ele estava em um platõ bem sossegado. Toquei PÁ RIBA, passei pelo Nicho e fui para a última enfiada... daí que deu a merda.
Fiz a enfiada, super tranquila, cheguei na última chapeleta e costurei, 2,5m depois, faltava apenas o último move para chegar na parada final... uma MALDITA barriga de cristais negativa, sem pés para baixo, sem mãos para cima, apenas aquele maldito veio de cristais pedindo um calcanhar. O Nicholas tentando me convencer a não tentar o move: "Tá bom já Djovem, vamo descer daqui"... eu devia ter ouvido ele. Arrumei um pezinho direito BOSTA, mandei o pezão esquerdo alto e puxei, mas como previsto... nada de mãos para terminar a puxada.

FUDEU,
ajeita daqui, ajeita dali, tenta subir, tenta descer e VUPT, lá se vai o pé direito.
Vaca de 5m em positivo e o pé esquerdo absorvendo todo o impacto. Ainda tive que reescalar os 2,5m para pegar a costura e rapelar os 220m de via em um pé só.
Quando chegamos lá embaixo eu quase não conseguia colocar o pé no chão, então apareceu um tiozinho MUITO do figura chamando a gente de lagartixa, disse que conhecia o presidente da Femerj, etc: "Vocês lagartixas, cocô de avião e mergulhador são todos loucos, daqui a pouco ce tá aqui denovo".
E ainda tive que voltar dirigindo da Urca até o Recreio.



Raio-X: Luxação forte no bla bla bla, tornozelo esquerdo. Doeu e doeu MUITO.
Bota de imobilização por 2 semanas e sabe-se lá quanto tempo sem escalar. Nada de escalar amanhã, nada de escalar essa semana e nada de escalar no fim de semana que vêm. Isso que é amigo solitário, ficarei sem escalar junto com o Nicholas e o Vitor.

"Tudo vale a pena se a alma não é pequena"
Valeu demais, estreiei meu equipo, fizemos uma despedida do Nicholas e foi muito massa apesar da lesão e ainda por cima aprendi algo com a experiência:



Excesso de confiança mata. Respeite toda e qualquer via, não importa a graduação.

15 de nov de 2007

Feriado pte 1 - Quinta

Durante a semana decidi ir pro Rio de Janeiro no feriado, como o Nicholas vai operar na quarta e ficar 2 mêses sem escalar, resolvi chamar ele para escalar no Rio.

Acordei as 2:50h, parei na padaria e tomei um café limão (aquele tão forte que tu até faz careta). Peguei o Nicholas e pusemos o Milagre na estrada. Fomos conversando até umas 5 da manhã, quando o Nicholas adormeceu.

Dormiu quando o sol nasceu, dormiu quando passamos pelo fundo de tela do Windows XP, dormiu quando passamos pelos carros de Nascar sendo rebocados, deu uma acordadinha enquanto abastecia o carro e dormiu durante os 40 minutos que ficamos parados na Serra das Araras (graças a um acidente), enquanto isso eu desci do carro e fiz amizade com 3 coroas do carro da frente.

Chegamos em casa as 11.30h em baixo de chuva. Previsão para o fim de semana: CHUVA!!!
Eu louco para escalar para estreiar o equipo novo, o Nicholas louco para escalar para fazer a despedida dele e CHUVA, mas beleza, a esperança é a última que morre. Pegamos o Guia da Urca e começamos a escolher a via que nos levará ao topo do Pão de Açúcar, nunca fizemos uma via longa e resolvemos nos aventurar em uma de 300m desconhecida, tomara que consiga falar com a amiga da minha prima que é daqui e ela nos dê bons betas, ou melhor ainda, nos acompanhe.
Na pior das hipóteses vamos conhecer um ginásio de escalada em Copacabana.

Entre vontades e planejamentos incertos fomos dar uma volta na praia (pequena pois começou a chover denovo) e jogamos joguinhos com minha família.

Amanhã acordaremos as 6h da manhã torcendo para não ter chuva.
Não estamos pedindo muito, não queremos sol nem calor, só queremos que não chova.

Torçam por nós.

14 de nov de 2007

Chegaram

Eles chegaram, meus nenens chegaram.

Depois de duas semanas de espera resolvi ligar nos Correios e perguntar sobre a encomenda: "Senhor, está disponível para retirada nos Correios da Francisco Glicério, 889"

Uma fugidinha para buscá-los e enfrentei o centro da cidade (até que tranquilo). O pior foi a fila dentro da agência central dos correios. VINTE E TRÊS MALDITOS GUICHÊS e mesmo assim levei cerca de 1 hora até ser atendido.

Mas o que importa é que agora eles estão aqui.


Tão lindos e embaladinhos, limpinhos e reluzentes cheirosos e imaculados... tudo que eu NÃO QUERO que eles sejam por muito tempo. Não vejo a hora de estreiá-los, sujá-los, riscá-los... colocá-los no lugar deles: NA PEDRA.

Quem sabe eu num estréio eles este fim de semana?

13 de nov de 2007

"It doesn't have to be fun to be fun."



"Andei observando e constatei - nem tudo é mel na vida das abelhas".
Millôr Fernandes


Pq será que os escaladores gostam de escalar? Tudo bem que é um excelente exercício físico, mas...

É algo que custa caro;
Gasta muitas horas de estrada para poucas horas de escalada;
Toma grande parte de seu tempo livre;
Estraga suas roupas;
Corta suas mãos;
Machuca seus ombros;
Calcifica seus ossos;
Te dá dor nas costas;
em outras palavras... DÓI;
Gera brigas conjugais, pois você quer escalar e não passar o domingo com ela sem fazer nada;
Faz você ver menos sua família;
Te obriga a beber menos, viajar pra escalar de ressaca é jogar um dia fora;
Te faz perder churrascos, encontros e outros programas;
Deixa sua mão tão grossa que te tira a coragem de fazer carinho em uma mulher;
Faz de você um mala que não fala de outra coisa (a não ser que fale de powerball);

mas apesar de isso tudo, tem um pequeno detalhe que impera:
É ABSOLUTAMENTE, INEXPLICAVELMENTE EXTASIANTE!!!

Não sei se é simplesmente o sentimento de superação, o contato com a natureza ou a descarga de endorfina unida a um grupo de loucos divertidíssimos e sempre dispostos a se ajudar.
Não importa se você manda um 5sup ou um 9c, você não precisa ser bom para ser apaixonado por escalar, basta gostar, basta sentir prazer naquele suspiro de exaustão no final da via, basta aquele sorriso feliz e meio sem graça no topo do boulder, basta passar a semana inteira trabalhando pensando na escalada do fim de semana, basta querer mais que tudo um dia na pedra.

Não tem como explicar, só sei que é meu vício, a única droga de que preciso.

mais uma vez:
"The best climber in the world is the one who's having the most fun."
Alex Lowe.

11 de nov de 2007

Whose ball's on fire?

Belo final de semana.
Começando com sexta-feira na casa do Bitor e da Mari, com vários amigos, cervejinha, muito powerball, muito flamenco, dançarinas de flamenco e o retorno a infância: eu e o Bitor brincamos de "dedinho" aquela ridícula, porém deveras divertida, brincadeira infantil onde um bate no dedo do outro consecutivamente até que um desista. DEMAIS!!!

Saí de lá 5h da manhã, dormi 3h e fui TENTAR escalar... maldita chuva não deixou.
Eu e Miguel fizemos uma procissão para abastecer e pegar o crashpad do Nicholas que desistiu de ir graças ao acidente na noite anterior, onde ele tentou fazer a Biz voar.

Ontem, depois de fazer compras de mês no lanchão com o gordo do Dinho e ter que despistar 2 carrapatos, fui pegar a minha esbravejante amiga Carol e fui conhecer o Woolly Boolly, em Vinhedo. Um bar muito massa estilo anos 50 que toca rockabilly: Beatles, Elvis, Brian Setzer, Jerry Lee Lewis e entre umas e outras cervejas, Goodness Graciuous WHOSE BALL'S ON FIRE? (é o novo nome etílico da música).

constatações da noite:
. comprar comidas pra deixar no carro enquanto se vai para balada requer moderação;
. a coca que eu achei que tivese PERDIDO, não havia sido perdida, estava no chão do carro;
. o líquido espalhado pelo chão do carro não era caldo de pernil, era a coca que eu achei que tinha perdido;
. croquete gorduroso fica mais gostoso quando frio (isso será melhor averiguado agora.
. o Dinho dirige mal pa caralho.

Domingo nublado, aparentemente mais um fim de semana sem escalar. Alguma sugestão?

9 de nov de 2007

Rapadura é doce, mas num é mole não

"Andei observando e constatei - nem tudo é mel na vida das abelhas".
Millôr Fernandes


Hoje rolou uma confusão: Um achava uma coisa, o outro achava outra coisa e os dois achavam que estavam achando a mesma coisa... mas não estavam.
Saí perdendo, mas num tem problema, já foi. Mais pra frente resolve.

Só sei de uma coisa:
Fim de semana chegando... EU QUERO ESCALAR!
Escalar é minha terapia. Não escalei no final de semana passar e nem durante a semana passada, ou seja: 2 semanas sem escalar. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAARRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRGH!!!

Só de raiva esse fim de semana vou escalar sábado E domingo... e domingo, ainda por cima vou pra Valinhos destruir as mãos até chegar no osso. Capaz até de não conseguir trampar na segunda.
HAHAHAHA

7 de nov de 2007

Proibido para menores de 18

Sessão nostalgia:
Acho que quem tem menos de 18 num chegou a jogar as primeiras versões e pode achar simplesmente idiota, mas quem viveu a adolescência nessa época e for levemente retardado vai PIRAR com a história do que aconteceu com os personagens de Street Fighter anos depois.

A história está dividida em quatro partes, então eu num vou postar os 4 vídeos pra não ficar um post gigante, vou postar só o trailer e os links pros 4 vídeos.



Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Update: Parte 5

boas risadas

6 de nov de 2007

Chuva... de água e idéias

Um final de semana sem escalar que valeu a pena.

Aniversário da Tati em Dourado com direito a muito churrasco, muita cerveja, muita gente muito louca, muito cu doce e até baile funk.
HAHAHAHA

Pois é depois de uma sexta-feira na piscina, um sábado de churrascão com baile funk a noite, um domingo com chuva que cortou meu barato de escalar, mas em compensação teve feijoada, sorvete Colorê e mais um aniversário.

Mudando de pato pra ganso:
NÃO SEI O QUE FAÇO DA MINHA VIDA!

Não sei se caso ou se compro um pacote de Doritos.
Arrisco e me aventuro em algo que pode dar certo ou continuo curtindo o que tem sido a melhor fase da minha vida?
Se eu me aventuro posso perder muito se não me aventuro posso deixar de ganhar muito. Queria que as coisas fossem mais fáceis de decidir... HAHAHA


no mais... "se melhorar estraga"

2 de nov de 2007

Damage Control

Depois da garoa de segunda-feira, vi que o meu Celtinha honra bravamente o apelido que lhe foi dado, "Milagre". Além de aguentar muita estrada vi também que ele é um carro anfíbio e anda com água na altura da maçaneta sem perder a pose e nem deixar água entrar. Mas como todo guerreiro e ficou com uma cicatriz dessa batalha e graças a maldita enxurrada, ontem eu tive que comprar uma placa nova para ele.
Ela será instalada daqui a pouco quando o destemido Milagre pegará novamente estrada.

Este final de semana será em Dourado pra comemorar, com uma semana de atraso, o aniversário da Tati... vulgarmente conhecida como Ferramenta.

Eu, Zé, Titi, Tina, Vi e Mauro. Será que presta?
Ah presta!!!

Bom, vou nessa... uma passadinha num churrasco antes e depois estrada.

31 de out de 2007

Powerball

Depois de uma segunda-feira aventurosa veio um final de terça-feira turbulento.

Então eu vou mudar de assunto e falar sobre um brinquedinho deveras VICIANTE e que EU QUERO UM!!!

POWERBAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAALL!!!



É um giroscópio que acumula energia enquanto você gira o pulso, ficando cada vez mais difícil de segurar, forçando você a utilizar sua musculatura e em altas rotações pode chegar ao equivalente a um peso de 16kg. Serve para fortalecimento e é utilizado em fisioterapia e treinamentos... no nosso caso PARA TREINAMENTO DE FORÇA PARA ESCALAR... É CLARO!

Você pega a bolinha, começa a girar e segura firme rapá.




Essa é a versão purpurinada que o Matheu comprou pro Vitor, que tem um dínamo e luzes gays que ficam brilhando enquanto você gira, mas tem versão pra homem também

EU QUERO UMA!!!

Um bom filme, uma aventura e uma cerveja

Eu jamais imaginei que fosse me encontrar tomando uma cerveja à 1 da manhã numa noite de segunda-feira em um posto de gasolina e comendo Torcida sabor cebola, mas no final das contas isso era tudo o que eu precisava para melhorar meus ânimos dessa segunda-feira.

Logo depois de escrever o post anterior o Nicholas me chamou para ir no cinema assistir Super Bad. Me atrasei um pouco pois fui pegar o Dinho no esconderijo dele que é guardado por ruas similares às portas dos corredores de Scooby-Doo (aquelas que você entra num porta e sai por outra do outro lado do corredor) e como o Nicholas num tem celular acabei num achando ele. ANYWAY... estou dentro do cinema, prestando atenção no filme quando o Dinho vira e pergunta: "Tá ouvindo isso? Isso é chuva cara".

Dava para ouvir a chuva DE DENTRO DO CINEMA, tem noção? Quando saímos do cinema eu só pensava: "Tomara que o Nicholas não tenha ficado pra ver o filme pra ir embora de Biz".
O mundo caía e chegando no final da José Bonifácio (também conhecida como Joseph Good 'n' Easy) tem uma ruazinha que vira uma verdadeira piscina. De repente o carro da frente diminui drasticamente a velocidade e eu penso: "FELADAPUTA, NUM VAI PARAR AGORA!!!"

De repente percebi que a mulher não estava parando de propósito e quando percebi a água estava chegando na altura da janela dela, e segundos depois na altura da minha também. Rapidamente engatei a primeira e comecei a torcer para o carro da frente não parar, o que parecia impossível, pois o carro não estava indo reto... estava indo para o lado, sendo arrastado pelo volume de água assim como o meu. Cerca de 50m depois chegamos em asfalto à vista.
MUITO MAIS ADRENALINA DO QUE EU IMAGINAVA PARA UMA SEGUNDA À NOITE.

Paramos no primeiro posto e ficamos um tempo esperando a chuva diminuir até seguir arriscando um caminho mais elevado até em casa... caminho este que nos levou a uma árvore MONSTRUOSA que bloqueava, não só a rua inteira, mas também as duas calçadas.

Uma segunda-feira, um bom filme, uma bela aventura e uma cerveja com Torcida e ainda um Toblerone de sobremesa... é mais do que eu jamais esperaria de um dia comum em começo de semana. MUITO BOM!


Update: Meio-dia, fui pegar o carro para almoçar e percebi algo que passou batido na noite de ontem. CADÊ MINHA PLACA DA FRENTE???
A PORCARIA da enxurrada deve ter levado. Cacilds

30 de out de 2007

Larguei a água no fogo

Hoje eu cheguei do trabalho até que cedo, e como todo bom homem de vinte e poucos anos que mora sozinho fui preparar alguma coisa pronta/rápida pra jantar. A escolha do dia foi Cup Noodles (vulgarmente conhecido com Câncer Noodles) sabor câncer, quer dizer, sabor frango.
Sentei na frente da TV pra esperar a água ferver, o que não deveria demorar com o calor infernal que está fazendo, mas demorou eu acho.

Então comecei a divagar... comecei a pensar sobre a vida, sobre onde estou, pra onde vou e o que vou fazer da minha vida, nada muito filosófico, questionando literalmente. Daí comecei a pensar nas pessoas, na família, e em como minha vida anda um pouco confusa nesse último mês, até que me dei conta de que o barulho que eu tava ouvindo (melhor, que NÃO estava ouvindo) não era de água fervendo, mas sim de PANELA fervendo.... pourra a bixinha ficou até preta.

Daí, enquanto eu esperava a água ferver DENOVO eu voltei para o sofá na minha meditação quase autista olhando para o meu reflexo na TV desligada. A que conclusões cheguei com tudo isso? Algumas que podem parecer bastante óbvias, mas na prática ficam distantes, como:

Amigos são importantes, mas a gente tem que separar as coisas, nossa vida gira em torno de NOSSAS vidas e valiosos não são os amigos que fazem parte da SUA órbita, mas sim aqueles cuja vida gira na mesma velocidade que a sua e conseguem te auxiliar, seja de longe ou de perto (nossa que profundo, parece frase de livro de auto-ajuda vagabundo HAHAHAHA);

Trabalho tem que ser prazeroso também. Não dá para se sentir mal em um lugar que você passa 1/3 da sua vida;

É incrível como REALMENTE a gente só dá valor a algo quando perde;

Família é mais importante do que o que a gente normalmente valoriza e a gente só começa a perceber como são importantes os conselhos dos mais experientes quando começamos, nós mesmos, a adquirir alguma experiência;

Amadurecer é difícil, mas é muito legal. Algumas sensações e conquistas são extremamente recompensantes;

(pausa de 3 minutos na divagação para preparar o Cup Noodles)

e como última conclusão: Cup Noodles é RUIM, mas é bom... TEM GOSTO DE CANCERÍGENO, mas até que é gostosinho.


Essa semana (ou a próxima) tem visita aqui em casa, Dona Virginia vem pra Campinas.
Isso significa casa limpa, comidinha de mãe e alguém para conversar sobre a vida hehehe.

Momento filosófico não é minha praia, portanto CHEGA! HEHEHEHE

"In fact, they're the only animals that think
they're supposed to be happy
All of the other animals can just be"
(Dance monkeys, dance)

28 de out de 2007

Caverninha existe

Duas semanas depois do famigerado dia em que fomos parar cerca de 150km fora de nosso destino, episódio relatado em outro post, voltamos para a estrada neste final de semana tentando achar a lendária "Caverninha".
Thiago: "Agora a gente já sabe onde tem que virar."

Isso já é sempre um ótimo começo, então, lá fomos nós, mas com o Thiago isso nunca é garantia de que vamos chegar, até pq ele esqueceu DENOVO de carregar o maldito GPS. Ainda um pouco descrentes no nosso SUPER copiloto, porém ainda assim animados, fomos Eu (o Panga), o Panga, o Panga e a Panga... ou, em outras palavras: Eu, o Nicholas, o Thiago e a Bruna.

Incrivelmente encontramos o lugar, que por sinal é MUITO bacana. Pensa numa garagem bem grande... agora abaixa o teto dela... agora enche o teto de buracos... ah, quase esqueço, tudo de pedra.
Apesar de ser longe pra ir sempre, é MUITO legal o lugar e deve ser ainda mais bacana ir de galera e passar o dia inteiro lá. Fica em um pouco depois de uma pequena pedreira QUE TEM UMA SALA DE ESTAR AO AR LIVRE... HAHAHAHA.

Nota do dia: Teto CANSA!!! HEHEHE

Mais um videozinho... eeEEeeEEEeee

Comentário do Thiago:
"Até que pra quem pesava 170kg você tá bem"
HAHAHAHA tonto.

Achamos, escalamos e gostamos, e eu comecei a gostar um pouco mais de boulder (lembrando que eu continuo gostando de via o mesmo tanto).
Na hora de ir embora:
"Vou tirar essa calça e colocar a bermuda"
Ótima idéia, afinal estava calor. Tira a calça, coloca em cima do carro, põe a bermuda, põe o tênis, entra no carro e vamos embora. No meio da estrada dá aquele estalo:
CACETE, ESQUECI A CALÇA EM CIMA DO CARRO. Pois é... eu sou burro assim, da próxima vez que eu for lá vai ter alguém na sala de estar ao ar livre com a minha calça.



Chegando em Campinas batemos um puuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuta rango no Pizza Hut e o OGRO do Thiago comeu uma pizza de 8 pedaços SOZINHO. Depois disso nosso plano de ir pra pedreira parecia simplesmente absurdo, então: casa > casa de amigo > bar> outro bar> CAMA.

fui

25 de out de 2007

O que será que será?

Sabe quando acontece uma coisa, mas você num sabe se essa coisa é realmente o que você acha que é? Mas parece que é, só que pode ser que num seja, então na verdade você num sabe se é, mas bem que podia ser.
sei lá.

Hoje foi aniversário do Tony (vulgarmente conhecido como Matheus) e fomos no Outback bater um ranguinho de leve... pão preto, cebola e costelinhas. E tem gente que tem coragem de comer pizza antes de ir pra lá e só pedir um mísero suco de laranja. Vai entender.

Mais uma vez citando o vídeo do primeiro post, uma passagem muito boa:


"Monkeys whose brains have evolved
to such an unmanageable size
that it's now pretty much impossible
for them stay happy for any length of time

In fact, they're the only animals that think
they're supposed to be happy
All of the other animals can just be"

Meanwhile... cabeça ainda fritando, um pouco mais tranquila, mas ainda fritando. Que será?

Falou

24 de out de 2007

Dazed and confused

Rapaz eu queria ter oito cérebros para conseguir organizar minha cabeça com tudo que tá acontecendo ao mesmo tempo na minha vida.

Muitas possibilidades, muitas incertezas, muitas vontades, muitas vantagens, muitas desvantagens, muitos risco, muitas oportunidades e por consequência disso tudo MUITAS DÚVIDAS, mas o bom e o reconfortante é saber que por trás de tudo isso tem também muito incentivo e muito apoio.

You see, the monkeys are cursed with consciousness
And so the monkeys are afraid
So the monkeys worry
(Dance monkeys, dance)


O que eu espero que tudo isso me traga para o futuro é:
Muita experiência, muita sorte e muitas vitórias.

Um brinde ao futuro, seja ele qual for:

21 de out de 2007

Crise de abstinência

Pelo visto tá na moda encontrar pessoas que não via há muito tempo.
Pra quem não sabe, estou em Uberaba neste momento. Vim pra cá na sexta visitar uns amigos e conhecer a empresa que eles abriram aqui e conversar.
Já tinha vindo pra cá uma vez na casa da Alê e quando cheguei aqui liguei pra ela pra a gente se encontrar (depois de mais ou menos 2 anos sem vê-la). Muito massa ver a gorda denovo.

Eu, Xexa e Nier aprontando de leve aqui... DE LEVE!!!


Estou aqui conhecendo a cidade denovo e averiguando o que será que ela tem a oferecer. Momentos de reflexão HEHEHEHE.

Será que pra cá tem lugar e gente pra escalar???

Enquanto isso, acho que estou tendo alucinações... minhas mãos tremem... estou suando frio... preciso escalaaaaaaaaaar
hehehehe.

Bom, já que eu não vou escalar pelo menos até o final de semana lá vão algumas fotos de um dia no Cuscuzeiro (Analândia-SP) escalando com o Messias.

18 de out de 2007

Gostinho de infância

Hoje fui comprar umas tranqueiras gostosas no supermercado e lembrei de algo que eu estava pensado semana passada: morar sozinho tem suas vantagens e desvantagens, como tudo na vida, mas depois de um tempo você começa a perceber que dentre as vantagens, uma das maiores é ser paparicado toda vez que você vai visitar seus pais.
Qual é melhor maneira de uma mãe paparicar seu filho? Bom, só existem duas possibilidades: ou subornando ele com presentes ou...... COM COMIDA!!! E eu começo a achar que a segunda opção é muito mais eficiente.

Nessa semana que passei na casa dos meus pais eu comi várias coisas que há muito tempo não comia e que ingeridas trazem uma lembrança muito vívida da minha infância, muito mais do que eu imaginaria e algumas coisas que eu não sabia nem que ainda existiam (como o último item da lista). A partir daí comecei a lembrar das coisas que eu comia quando pivete e que até hoje "têm gostinho de infância", são aquelas coisas que quando são colocadas na boca são quase imediatamente seguidas de um sorriso... aquele sorriso "cara de bobo" e nostalgicamente agradável.

Bolo de cenoura
- tá pra nascer alguém que faz um melhor que o da minha tia


Chup-chup de doce de leite
- enjoativo que só ele, mas na época ia no mínimo dois

Sacolé
- o conhecimento desse nome é quase que restrito aos cariocas hehehe

Mate com limão
- aqueles da praia vendidos nos tonéis de metal (ainda existe)

Chocolate de guarda-chuva
- chocolate hidrogenado HORRÍVEL que é difícil entender como a gente gostava daquilo

Danoninho
- esse é eterno e universal

Fanta uva
- fala sério, num tem gosto de coisa que faz mal? mas é muito bom

Leite com Toddy cheio de pelotinha
- a fórmula num era 100% solúvel e sempre ficava aquelas pelotas irritantes

Cola branca (Tenaz, Cascolar, Acrilex, etc)
- po, por favor alguém fala que também lambia cola branca (será que isso deixou sequelas?)

Maria mole
- isso eu não comia há MUITOS anos

Bala Chita e Juquinha
- ainda existem?

Bala Soft
- sim, aquelas ASSASSINAS, mas são muito boas... tinha redondinha e quadradinha

Pé-de-moleque
- esse eu vejo sempre, mas maria mole não

Bolinho de chuva
- açúcar e canela, quem será que inventou essa combinação perfeita?

Fios de ovos
- tinha que ser caro?

Homeopatia
- meu, lembra das bolinhas branquinhas e docinhas? demais... HAHAHA

Chocolate Surpresa
- aquela barra fininha que tinha uns animais em relevo. simples e gostoso

Algodão doce
- esse é um clássico que não podia faltar, mãos lambuzadas ROX

Milho cozido
- na praia, cheio de fiapo no meio dos dentes, queimando a boca e lambuzando a mão de manteiga

Sorvete de creme derretido
- eu sempre pedia pra minha mãe bater o sorvete com a colher até ficar molinho

Chocottone com Coca-Cola
- esse foi responsável por vááários kilos

Amendoin torrado
- no cone de papel, hoje é bom com cerveja hehehe

Maça raspadinha
- é incrível como o simples fato de raspar muda completamente o gosto

Yakult
- já percebeu que a maioria das lembranças são de coisas doces?

agora, o campeão dos campeões... eu nem sequer sabia que ainda existia, muito menos imaginava que iria comer essa semana:

Geléia de mocotó Embasa... épico!!!

Se alguém lembrar de mais algum MEGA-CLÁSSICO, manda no comentário... hehehe
(esse era um post bom pro dia das crianças)

see ya

17 de out de 2007

Repelente virtual

Hilário e ao mesmo tempo genial.

Como é de praxe, toda terça-feira é dia de ir para a casa do Diego para fazer arte (como no dia das ilustras do negresco). Hoje não foi diferente, exceto por uma massiva e extremamente irritante invasão de pernilongos, um ser repugnante que acompanha os dias quentes que vivemos esta semana.
Estávamos pertos de perder alguns membros devorados pelas criaturas quando o Diego lembrou de algo que ele havia lido na internet... o que era? NOSSA SALVAÇÃO.

ANTI-MOSQUITO v1.0


Um software que, através do mini falante do gabinete do seu PC, emite um som de alta frequência capaz de espantar os alienígenas carnívoros voadores.

"Porra, mas se funcionar eu vou ficar louco"

Num sei se foi efeito psicológico, mas sei que depois de alguns minutos as tentativas frustradas de matar as britadeiras aladas cessaram: Não víamos mais mosquitos na sala, apenas um ou outro com um voar meio cambaleante, meio bêbados.

INCRÍVEL, quem estiver precisando pode baixar o KP-Anti Mosquitoes v1.0: a "salvação em forma de software", o "Autan Digital", o "Off Virtual".



UPDATE DO POST: Parece que de fato era psicológico, os mosquitos ainda estão aqui... ESSA MERDA NUM FUNCIONA PORRA NENHUMA!
Diego: "Mas pelo menos parece que eles estão meio loucos"
Devem estar... de RAIVA do barulho e vão começar a nos atacar com mais vigor.


até

16 de out de 2007

Harem Scarem (1991)

Cara, resolvi postar aqui sobre um álbum que eu tenho escutado over and over.

Harem Scarem
(1991) Harem Scarem

O álbum fica como minha dica pessoal para quem gosta de Hard Rock, e para quem realmente gosta de Hard Rock esse álbum é um prato cheio. Tem tudo que um bom Hard biscato tem que ter: vocal rasgado, letras de amor, bateria com BASTANTE reverb e ótimos solos de guitarra (daqueles que o guitarrista faz careta, rebola com a guita e pisca pra câmera no videoclip enquanto o vocalista abraça ele pra mostrar que ele consegue solar com sem perder a concentração... hehehehe).


A banda existe desde de 1987 e tem 12 álbuns em studio, 5 ao vivo, mais uma pá de coletâneas e singles. O curioso nome da banda é na verdade o nome de um dos primeiros desenhos do Pernalonga de 1929, muito loco, um bando de tonto viciado em Pernalonga, colocaram esse nome na banda e deu certo.


O mais massa da banda é que todo mundo canta, menos o baterista, pq baterista é sempre preguiçoso. A formação atual da banda é: Harry Hess (guitarra e teclado), Pete Lesperance (guitarra), Barry Donaghy (baixo) e Creighton Doane (batera)... não, Creighton não é a versão pobre de Clayton HAHAHA.

Das músicas do álbum eu destacaria... TODAS. Brincadeira, destacaria:
With a Little Love
Slowly Slipping Away
e How Long

Quem curte Hard Rock e não conhece esse álbum procure, vale a pena.

Au revoir


15 de out de 2007

250km por um Chopp: Uma odisséia de um domingo sem boulder

A viagem pra Ubatuba mudou um pouco meus conceitos sobre escalada. Um puta lugar muito louco com MUITOS boulders juntos um do lado do outro é mais do que eu poderia esperar hehehe. O Thiago ficava me enchendo o saco falando que boulder é mais dinâmico, que é mais técnico, mais divertido e que via é um saco pois você perde tempo equipando. Bom, eu continuo gostando bastante de via, mas BOULDER É MUITO MASSA, é muito mais dinâmico, mais técnico, é mais divertido... HAHAHAHAHA.
Tava falando agora a pouco com o Nicholas sobre isso e ele lançou uma analogia deveras interessante:
Nicholas diz:
e tem uns move loko... é q nem jogar futebol de campo
(via) e jogar futebol na rua ( boulder)
é uma escalada "moleque" eu acho

Diverti
iiiiido, tava mó empolgado pq domingo ia ser dia de bouldear, já que o GÊNIO do Thiago chamou pra ir para Caverninha. LEGAL, UM LUGAR NOVO PRA CONHECER!!!
Combinamos o horário e eu vim em
bora do Rio pra isso... começou tudo errado já pq o inteligente não sabia que ia entrar em horário de verão, liguei para o pulha as 9 da manhã e ele ainda tava dormindo, JÓIA. Chegou aqui em casa equipado com GPS e o caralho, daí eu pensei SUSSA, VAMO QUE VAMO!!!
Passamos para pegar o Nicholas e estrada... continuou tudo errado pois já saímos na D.Pedro para o lado errado e o Thiago, que estava como nosso guia e era (assim eu achava) o único que sabia o caminho, só percebeu isso alguns km depois, mas beleza, a gente volta tudo na D. Pedro e pega a Anhangu
era.

Imaginem vocês qual não foi minha surpresa quando eu perguntei se tinha o waypoint da Caverninha marcado no GPS e ele disse "Não" (ele levou o GPS justamente para marcar). Agora imagine qual não foi meu nível de satisfação quando eu perguntei: "Ah, mas então você sabe chegar lá?" e a resposta foi aquele grunhido indefinido meio "nhééééé" tipo um: "sei, mas não muito".


Estávamos indo para um lugar onde o guia não sabia o caminho e estava com um GPS de enfeite, o máximo que ele sabia é que era perto de São Carlos. Tentamos ligar para pessoas que soubessem o caminho, mas além de tudo o energúmeno não tinha mais o telefone de ninguém, pois tinha trocado o celular... tentamos alguns números e a única alma caridosa que nos atendeu foi o Leozão, mas ele estava atendendo algum paciente e não podia falar na hora, ficou de ligar de volta para nós, mas quando ele ligou eu já tava tomando um chopp no Pinguim (isso mesmo, mas calma, eu chego lá).

RESULTADO:

Depois de muito rodar, eu disse MUITO, indo e voltando na maldita Anhanguera tentando achar a saída, nos demos conta de que não adiantava mais procurar a maldita Caverninha, ela estava escondida de nós... IA SER UM DIA SEM ESCALAR E NÃO HAVIA NADA QUE PUDESSEMOS FAZER PARA MUDAR ISSO. Enquanto chegavamos a esta triste realização, nos deparávamos com uma placa:
CRAVINHOS 23km

RIBEIRÃO PRETO 34km

"Meu, vamo pra Ribeirão tomar um chopp no Pinguim então" por algum motivo pareceu a única frase que fazia sentido na minha cabeça, a gente estava há mais de 150km de Campinas e (paradoxalmente) já tinhamos rodado mais de 250km. Além disso eu tenho uma amiga que mora em Ribeirão e há MUITO tempo não a via e se não bastasse, meu primo agora trabalha em Cravinhos.

"PÔ, SE EU VIM ATÉ AQUI E NÃO VOU ESCALAR, PELO MENOS UM CHOPP NO PINGUIM, UM BEIJO NA CAROL E UM ABRAÇO NO MEU PRIMO EU TENHO QUE DAR!"

Foi então que a frase de fato saiu da minha boca:

"Meu, vamo pra Ribeirão tomar um chopp no Pinguim então" e incrivelmente ela foi seguida de um "É, o Pinguim é um bar mó famoso em Ribeirão" e depois de um desanimado, mas ainda real "Bom, eu não conheço Ribeirão". Daí quando o Nicholas começou a dar de bundão e querer voltar o Thiago já mandou um "Agora ele já tá indo pra Ribeirão" e eu: "Tô indo mesmo!"

"Bom, a caminho de Ribeirão, então vou ligar pra Carol pra ela levar a gente até o Pinguim e eu ver ela" pensei eu sem saber onde ela mora e sem saber se ela sequer estava em Ribeirão e muito menos que o celular dela estava DESLIGADO.
Que fazer? Pedimos informação para chegar até o Pinguim, chegamos lá e sentamos na MELHOR MESA DO BAR (num sei se era, mas depois de tanta merda TINHA QUE SER para a gente não se sentir tão mal) e quando lá estavamos:
"Garçom, um chopp, um suco de laranja e UMA LISTA TELEFÔNICA" (sim, eu pedi uma lista telefônica no Pinguim e TINHA uma lá).


Comecei a ligar para todos os telefones de pessoas de Ribeirão que tivessem o sobrenome dela e depois de muitos "Num é daqui não" me de
parei com um "Ah, eu sou a vó dela" só então consegui o telefone da casa dela (que não consta na lista) e ela foi nos encontrar no Pinguim, o que demorou um pouco, pois o que nós também não sabíamos é que existem TRÊS Pinguins em Ribeirão e é CLARO que nós estávamos no último que ela procurou.

Nós já estavamos tão frustrados de não achar o pico de boulder que pensamos: "ALGUMA COISA A GENTE TEM QUE ESCALAR", assim a primeira vítima foi o Teatro D. Pedro II que fica convenientemente localizado ao lado do Pinguim.



Perguntamos pra Carol se existia alguma sorveteria famosa em Ribeirão e depois do Pinguim fomos tomar um sorvete na famosa Sorveteria do Jô, que NÃO TEM SORVETE DE CREME. Vocês conseguem acreditar que a sorveteria tem um monte de sabores complexos (tipo Sensação, Floresta Negra, Toblerone) e NÃO TEM SORVETE DE CREME!!! Depois do sorvete eu olhei para o meio da praça e vi... UM V10 QUE PRECISAVA SER ESCALADO e mais uma ascent foi registrada em Ribeirão.


Depois disso tudo só nos bastava voltar para casa, MAS... não antes de passar em Cravinhos para dar um alô para o Dr. Bruno Wandeck no Pronto Socorro e levar para ele, que já está em plantão há alguns dias, uma Coca Zero.


Aí sim, por volta das 16.30h, pegamos a Anhanguera de volta para Campinas e depois de rodar MUITO passamos pela entrada da Washinton Luiz, por onde deveríamos ter ido às 11 da manhã. A volta foi LONGA e sonolenta, o Nicholas capotou no banco de trás e só acordou na hora que paramos no Frango Assado para comprar pão de semolina.

Depois dessa odisséia fiquei este final de semana SEM ESCALAR e nada me resta senão dormir e descansar denovo tudo o que eu tinha descansado durante a semana passada.

APRENDIZADO DO DIA: Nunca ir para um lugar onde o único que sabe o caminho é o Thiago. Isso serve para VOCÊ TAMBÉM! hehehe

Auf wiedersehen


13 de out de 2007

Sono de sol

Alguém já prestou atenção no fato de que SOL DÁ SONO?

Eu não sei o motivo, mas parece que quando você toma sol ele SUGA suas energias. Você pode passar o dia inteiro deitado descansando tomando um mate gelado na praia sem fazer nenhum esforço físico, mas se tiver bastante sol você vai chegar em casa e depois que você tomar um banho... VAI BATER UMA LESEEEEEEIRA, seu corpo vai ficar mole, seus olhos ficarão pesados e você estará condenado a bocejar a cada 5 minutos durante todo o tempo no qual você estiver (inutilmente) lutando contra este sono.

Hoje foi um dia desses. Eu fui para a praia de manhã e lá fiquei até umas 16h, então eu fui para casa dos meus pais e assinei minha sentença de morte: tomei um banho. Resolvi sair com a minha prima e o resultado não foi impressionante... comecei a bocejar, MORRENDO de sono e estou até agora (quase meia-noite) lutando contra este sono que me consome. Eu até tinha pensado em sair hoje a noite para conhecer o Mistura Fina, um tradicional bar de música aqui do Rio de Janeiro e a Carol me perguntou a pouco pq eu não fui; a resposta foi curta e grossa: SONO DE SOL. Junto com a minha prima hoje a tarde, entre um bocejo e outro cheguei a um paradoxo:

O que será que acontece se você ficar dormindo na praia???
Ficar na praia dá sono, mas dormir supri suas necessidades de dormir, mas você está dormindo no sol, o que dá mais sono.
Será que nunca mais acordaria? Seria um coma induzido por sol?

Bom, chega de lutar. Vou dormir para ficar com mais sono amanhã e viajar de volta para Campinas a noite.
Domingão de manhã tô de volta para escalar! Weeeeeeeeeee!

Tchüs

12 de out de 2007

Família 2

"A amizade é como dinheiro: mais fácil de conseguir do que de manter" (Samuel Butler)

Li essa frase e me fez lembrar de uns amigos que são mais que amigos, são irmãos... um bando de irmãos RETARDADOS, mas irmãos... parte da minha segunda família, a grande família que são os amigos. Então aqui vai minha homenagem a eles, aproveitando este dia mais do que propício para falar deles.
Essa é uma galerinha que eu tenho marcado em mim pra sempre (em todos os sentidos hehehehe), e tenho certeza que essa galera é o maior exemplo de que é SIM possível manter uma amizade apesar de coisas como distância, diferenças de horários, responsabilidades, relacionamentos e filhos (SIM FILHOS, caramba estamos ficando velhos, a galera já tá até com pimpolhos pra a gente ensinar coisas erradas hehehe).


Los Chicos de Dom Bosco

É claro que hoje em dia a gente não se vê mais com tanta frequência e ver essas fotos dá uma PUTA saudade dessa época, mas o mais bacana é que não importa quanto tempo a gente num se encontra, quando se encontra é a MESMA coisa... muita merda, muita risada, muita cerveja, sempre DO CARALHO!
Chicos, faz tempo que a gente num se encontra, já tá na hora de marcar alguma coisa com todo mundo... um churrasquinho sussa pra conhecer a Maria Julia e a Aninha cairia muito bem.

O importante é o que importa...
... o que importa é ter amigos.

Adios

10 de out de 2007

Família

"Família a gente não escolhe"

Quer saber de uma coisa? AINDA BEM!!!
Tenho certeza de que se eu fosse escolher minha família não ia conseguir escolher tão bem. Pra falar a verdade, do jeito que eu sou cagado eu ia acabar escolhendo um bando de tranqueira... hahahaha.


Essa é uma homenagem já que eu estou aqui no Rio curtindo a beça o mais novo membro da família... o Sarnentinho (apelido carinhoso que só eu posso chamar) ou
pros outros, meu priminho Gabriel.


Esse muleque num para de rir um segundo, uma figurinha.

8 de out de 2007

EU QUERO MAIS...

Quero mais tempo naquele lugar IRADO, quero mais músculos doloridos, mais dedos destruídos e ralados nas pernas.
Quero mais aquela galera muito gente boa e que escala pra cacete, todo mundo tomando cerveja, comendo pizza, zoando e cantando "Quem tá parado é viado, quem tá parado é viado" HAHAHA.
Quero mais boulder, boulder é MUITO BOM!!! Dói, mas é MUITO BOM.



Num preciso nem falar que o fim de semana foi simplesmente animalescamente animal...
O Nicholas falou que tinha uma galera armando de ir pros boulders de Ubatuba e me chamou pra ir junto... já fiquei feliz. A gente foi com o João Ricardo, o irmão e a Déia (todos muito gente boa) e chegando lá encontramos com mais uma galera que ia escalar e ficar no chalé com a gente (uma galera muito massa também), sem contar o Messias, a Bella, o Vitor e a Mari que acamparam na frente do chalé.
Fomos pro Pontão da Fortaleza (agradeço ao João Ricardo por ter me apresentado o lugar... a lista de agradecimentos tá começando a crescer... hahaha) e escalamos o dia inteiro. A galera escala demais e nem por isso deixam de te ajudar nos boulders mais fáceis, entram junto, passam os betas, muito irado. Até que mandei dois boulders legais pra segunda vez que faço boulder.
Entrei no "Pezinho" e no "Van der Waals", mas nem rolou, daí consegui mandar o "Caindo de cara" e o "Ninho de mafagafos", daí gastei minhas forças até o fim do dia na PORCARIA do "Pro abaulado" e fui embora PUTO DA VIDA com ele... HAHAHAHA. Saímos do pico e fomos comer um rodízio de pizza BOOOOM e depois banho, cervejinha com altas palhaçadas, as risadas escandalosas do Léu (muito engraçado) e os inúmeros "Quem tá parado é viado"... depois CAMA.

Dia seguinte...
Chegamos denovo no Pontão e eu fui direto no maldito agora que tava descansado e consegui mandar de primeira, daí eu e o Nicholas mandamos o "Bunda no chão" e depois fomos brincar no "Monoselha" que saiu também, o João Ricardo monstro também entrou lá com a gente (claro que ele mandou em dois segundos), daí começamos a brincar num sei lá o que ali do lado só de saideira pra ir embora cedo e num pegar estrada a noite.
No final a gente PEGOU estrada a noite, pois nos distraímos com o papo de escalada e erramos o caminho HAHAHA, lamentável.



Ah, ainda fui comer um lanche e tomar um sorvetinho com uma Panga, só pra fechar com chave de ouro.
Fim de semana PERFEITO. Curti MUITO conhecer essa negada e escalar com eles... num vejo a hora da próxima.

"The best climber in the world is the one who's having the most fun."
(Alex Lowe)

Este final de semana eu fui um dos melhores escaladores do mundo... hehehe.


 
Clicky Web Analytics