20 de fev de 2008

Peace of mind

Sem tempo nem paciência para postar nada, mas só pra não ficar sem nada uma frase para lembrar desses dias e estar com a mente sempre em paz:

"Guardar ressentimentos é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra."

Tem uma outra legal, mas eu num lembro direito é algo do tipo:

"Se seu problema não tem solução, então já está solucionado"

2008 começou com dias leves, que continuem assim.
Uma leve semana para todos nós.

11 de fev de 2008

Mind, Body and Soul


Hoje fiz um procedimentozinho cirúrgico pra tirar o chicletões do ombro e da barriga. É dia de cuidar um pouquinho do corpo e abusar um pouquinho dos amigos fazendo eles de motorista, hehehe. Afinal, amigos são pra essas coisas né?

O arrancamento queloidiano foi tudo bem, tudo sussa... é MUITO MASSA ficar olhando o cara cortar vc e vc não sentir nada, e muito estranho depois ver um pedaço seu na bandejinha... hehehehe. Agora duas semaninhas de betaterapia e TORCER MUITO pra dar certo e a merda num voltar.

Fim de semana foi muito massa, pra variar, terminando no Outback.
"Because every perfect day should end there"

8 de fev de 2008

Look at the bright side of life

Depois de um bom tempo sem postar e um carnaval sem sair de Campinas eu queria pensar num post bacana, mas lembrei que um blog deve ser como um diário, onde eu escrevo as coisas que me acontecem sem pensar muito no que os visitantes dele pensam.
Além disso, TOMAR NO CU, ia ser difícil fazer um post Super Dupper depois dessa semana. Depois de vários dias de carnaval bebendo, e praticamente sem escalar nenhum dia (só um dia na pedreira), onde sexta eu bebi demais, sábado perdi a escalada com o Boi, domingo eu bati no carro de outra pessoa... terça eu vou dormir as 5 da manhã e amanheço na quarta-feira doente: carnavalite... aquela doença típica de quem bebe bagarai no carnaval e a resistência do corpo baixa e tu fica gripado, mas tava bem de leve. Tive que trabalhar de dia e num consegui sair a noite.
Quinta acordei pior ainda: carnavalite aguda e a noite piorei mais ainda: carnavalite CRÔNICA.

Num sei pq caralhos inventei de querer sair na quinta... tava de bode com uns trecos e num queria ficar em casa de jeito nenhum. Liguei pra um: "Tô afim de ficar no ninho", liguei pra outro: "Hoje num vai rolar, tô no trampo ainda depois vou pra casa", liguei pra outra: "Hoje vou pra sw".
Tudo conspirava pra eu ficar QUIETO em casa, mas NÃÃÃÃÃO... eu tinha que sair. Inventei de ir no cinema com uma amiga e saindo do cinema fui comprar uns negócios no Pão de Açúcar (God save the 24h market).

Quando tudo tá ruim tu começa a achar que tudo bem, pq não pode piorar... THINK AGAIN: voltando pra casa na Orosimbo, uma FELADAPUTA, que devia estar bêbada ou drogada, simplesmente resolve que quer virar e soca o carro dela no meu. Desce do carro e com a mais lavada das caras de TODOS OS MUNDOS fala:

"Num aconteceu nada né?"

"CE TÁ LOUCA??? OLHA ISSO AQUI!!!"

(apontando para o amassado com a típica gesticulação Gibaresca que o Dinho bem conhece)

"Ah, num aconteceu nada. Seja sincero!"

Simplesmente entra no carro e vai embora entrando na contra-mão de uma forma que num dava pra eu dar ré e entra na mesma rua. FILHA DE UMA RAMPEIRA!!!
Se eu fiz B.O.? Num posso pq o maldito doc do meu carro ainda num tá renovado.
Depois disso só me restou acordar um pouco pior na sexta e a primeira coisa que surgiu para começar a alegrar o dia foi um vídeo com uma música DEVERAS apropriada para o momento:



Abstraia... Look at the lighter side of life e vamos ver que surpresas o fim de semana reserva... hehehe
 
Clicky Web Analytics