31 de jul de 2008

A felicidade contagia

Mais um copy-paste do blog To Climb



Hui Tzu caminhava com Chuang Tzu pela beira do rio, e Chuang comentou: “veja como os peixes estão alegres no riacho!”

“Um momento”, disse Hui Tzu. “Já que você não é um peixe, como sabe que eles estão alegres?”

“E já que você não sou eu, como sabe que eu não sei que os peixes estão alegres?”, disse Chuang Tzu.

Hui contra-atacou: “se eu, não sendo você, não posso saber o que você sabe, imagine você, que não é peixe, saber o que eles sabem!”

“Deixemos de discussões inúteis”, replicou Chuang Tzu. “Voltemos a pergunta original: como eu sei que os peixes são felizes?”

“Exato”, disse Hui.

“Porque me fazem feliz”, concluiu Chuang. “A felicidade contagia”.

30 de jul de 2008

Médio


Discover Eric Clapton!


Acordei injuriado hoje, sem motivo aparente. Algum tipo sórdido de TPM masculina? Que cacete. E hoje o dia realmente não foi bom. Acordei estranho, corrido no trampo, não almocei direito pra terminar um freelinha, passei mal, doeu meu estômago.

Faz MUITO tempo que num tenho um dia ruim. É tão raro acontecer isso que até vale a pena registrar, até pq acho que a gente não é obrigado a estar bem todo dia. "A gente não precisa parecer invencível o tempo todo" (parafraseando um texto batuta que me mandaram ontem, que coincidentemente veio a calhar), mas ainda assim: QUE CACETE!!!

Pelo visto vai dar 8h da manhã, mas num vai dar 19h. Depois de postar uma música, mudar, mudar denovo e mais uma vez e depois de escutar um cacetada de música, pelo menos ACHEI uma música digna de postar, a primeira que mandou um "HMMMM... yesss!" pro meu cérebro hoje.

Vou sair pra dar um pedal sozinho hoje até as pernas fritarem, vamos ver se rola um replay da solo trip pro Rio e as idéias voltam pro lugar.
Só tenho que torcer pra num morrer atropelado com a sorte que tô hoje, HAHAHAHAHAHAHAHA.

...


Discover Lynyrd Skynyrd!


Tô sem tempo e nem sei o que postar (queria postar sobre o fim de semana, mas só depois que pegar o vídeo)... vai só uma música avulsa.

Uma coisa eu sei: esse brinquedo parece deveras divertido

25 de jul de 2008

Don't hold back



It’s time for the woman to rise up
It’s time for the man to make a stand
It’s time for the child to realize
It’s all in our hands
It’s time if you know what’s right
It’s time if you feel it inside
It’s time
Let it go and let your Love
Rise up
Rise UP

Rise up in the new born sun
in the East meets West
we rise on the ocean
rip tides flip lies inside out
we’ve got to make a stand
two legs
two feet
too much blood on my hands to sleep
I wake up in the middle of a dark night
Wake up and realize that it’s time

It’s time for the woman to rise up
It’s time for the man to make a stand
It’s time for the child to realize
It’s all in our hands
It’s time if you know what’s right
It’s time if you feel it inside
It’s time
Let it go and let your Love
Rise up (don't hold back)
Rise up

I rise with every verse searchin’
the Earth’s eyes
surmise every life enlightened
I’m speaking to the ones
with their head above the plight
tryin’ to do what’s right and stay True
while you manifest the Knowledge
for the seeds you know
or seeds you grew
who knew change don’t come to those who wait
seize the moment in the struggle and the battle of late
knowin’ most good souls within demonstrate sin
searching for redemption
asking who the enemy is?
as we blend the ingredients from every experience
lift pass the glass and surpass the illusion
shatter misconceptions and change the conclusion
gain a clearer view amidst the mass confusion
I rise to meet my heart, love I know we worlds apart
scarred from bars and stained with pain insane
never underestimate a man in chains
with the mental capacity to rise beyond a casualty
skin deep being a minor formality
clarity in knowing this isn’t the last chance
never taking for granted each and every glance
in a trance I rise beyond circumstance
so each and every one of us under the Sun
search the Earth’s eyes
Rise to become One

It’s time for the woman to rise up
It’s time for the man to make a stand
It’s time for the child to realize
It’s all in our hands
It’s time if you know what’s right
It’s time if you feel it inside
It’s time
Let it go and let your Love
Rise up (let it go)
Rise up (don't hold back)
Rise up

23 de jul de 2008

Stop

Tava pensando no que eu ia postar aqu no blog e não mais que de repente vi esse vídeo num blog e rachei de ri. Primeiro pq ele é muito engraçado pra um publicitário assistir, pois é EXATAMENTE ASSIM o nosso dia-a-dia... depois pq incrivelmente ele conseguiu (claro que com uma interpretação um pouco tendenciosa) resumir grande parte do que passa na minha cabeça hoje.



Pq diabos as pessoas precisam complicar tudo?
Pq clientes são tão chatos e não deixam a gente fazer o que estão pagando para fazermos?
e PARE, preciso parar um pouquinho, descansar o corpo e NÃO CANSAR A CABEÇA que está descansada.

18 de jul de 2008

Às mil

Às mil em todos os sentidos:
Às mil maravilhas, e a mil por hora.

Teria muita coisa pra postar, muita coisa boa acontecendo, muitos programas legais, ótimas companhias, boas músicas, boas risadas, boas vias, sapatilha nova, boas comidas, boas cervejas, bastante trabalho, saudades da família, já tô com saudades de Alpino que vai fechar (péssima notícia), muitos lugares pra conhecer, muitos lugares pra revisitar, muito pouco tempo pra tudo isso... parece que aquilo que os meus pais falavam antigamente é a pura verdade: "Depois dos 21 o tempo começa a voar"

Amanhã devo ir pra sampa conhecer a Casa de Pedra, rever a Assassina o Fro e a Carlinha e escalar um pouquinho... domingão vai rolar uma invasão de escaladores no Cuscuzeiro, vai ser dahoora.

"Que dahooora!" (Greg style)

Enquanto isso... uma musga boa:

O teatro Magico - A Pedra Mais Alta


.
.
.
AAAHHH... fui até obrigado a editar o post e colocar a foto referente ao post anterior que o Greg acabou de me passar. Foto da galera em Itaqueri indo embora depois de escuro já, que dia "dahooooora".
Cris, Robson e Gutão | Ju, Dersão, Eu e Yalinho | Greg, Ta, Ju e Animal

14 de jul de 2008

Diem Carpeado

Infelizmente eu hoje tive uma péssima notícia logo de manhã de que a casa de dois dos meus melhores amigos foi arrombada e uma das maiores perdas foi o HD com todas as fotos do Vitor, que é fotógrafo. Lamentável alguém ter a esdrúxula atitude de roubar apenas os HDs de um computador, ESCROTO.
Enfim, isso quer dizer que agora teremos que viajar muito mais pra tirar muitas fotos para repor o antigo estoque.

Falando de boas coisas, esse foi mais um fim de semana espetacular.
Sexta-feira cheguei cedo em casa, ia descansar para acordar cedo no domingo, mas não "consegui" dormir cedo a acabei acordando depois do meio-dia, HAHAHAHA. O que foi MUITO BOM, pois fazia tempo que eu não domia bastante e logo no começo da tarde fui para a pedreira de Campinas escalar com a negada de São Carlos que é demais. Foi divertidíssimo, mandei a Cacaio que há muito tempo tinha medo de entrar e entrei em 2 vias novas (inclusíve um 8a).
A noite foi recheada de boa comida no Joe & Leo's e MUITA RISADA num espetáculo de comédia no teatro onde o retardado do Fábio subiu no palco para se apresentar como aspirante a Stand-Up Comic.

O domingo foi inesquecível, 2 carros lotados de amigos e amigas com destino a Itaqueri da Serra. No caminho passei no Betinho em Limeira, vi o ex-paquidérmico e atualmente esquelético e peguei com ele meus novos brinquedinhos que ele trouxe pra mim dos EUA.
Meu, risadas o dia inteiro e MUITA escalada, muitas cadenas pra todos, um dia impagável. E de quebra um "plus a mais": Mandei meu primeiro oitavo grau.
"Escorrega na mão como quiabo" (8a)
Deveras feliz estou. Pra finalizar paramos em um rodízio de pizzas que foi um nocaute em todo mundo, cheguei em casa MOÍDO e tudo em que eu conseguia pensar era em um bom banho (que teve que ser longo, sorry) e cama.

Teve gente que perdeu... HAHAHAHA
Anyway, segundona braba, instalei um suporte para aplicação de café intravenoso do meu lado e vamos que vamo. E tomara que o corno que entrou na casa do Bitor e da Mari morra de desinteria.

12 de jul de 2008

LiTraCon

Cara, eu pirei com isso.

Hoje é sábado, eu acordei e resolvi ficar de preguiça na "cama" durante a manhã e liguei a TV pra assistir "Você sabia?", que é um programa daqueles divertidos de ciência e vi uma coisa MUITO MASSA.

LiTraCon
O nome é BEM CRIATIVO, HAHAHA. É a abreviação de Light-Transmitting Concrete.

Uma invenção de um arquiteto húngaro que resolveu agregar fibra óptica na mistura do concreto fino, mantendo a resistência do concreto, mas deixando ele translúcido. BERY CRAZY.

Claro, isso não é só divertido. A aplicação mais óbvia dele é construir prédios comerciais que aproveitam parte da iluminação natural (durante o dia, claro) e assim economizar TONELADAS de energia. Isso sem falar nas possibilidades disso em matéria de design, já que até diferentes cores ele pode ter.

PRETTY COOL, AHN?!
(Bonito gelado, não?!)

Agora a única coisa é: essa bagaça foi inventada em 2001 e depois de 7 anos ainda é cara e pouco usada. Shame, shame, shame!

Site da LiTraCon. Aliás, um belo site.
.

10 de jul de 2008

copy / paste

Depois de um fim de semana show, tive que trampar no feriado... So much for a carpe diem... mas dei um jeito de aproveitar do mesmo jeito e experimentei um bolo de microondas divertidíssimo.
Anyway, hoje estou atarefado, portanto resolvi fazer um copy-paste de um texto que li no blog To Climb, que é um copy-paste de um texto do Mário Quintana (aparentemente).

Eu curti o texto, concordo com partes, mas também acredito no oposto, o que me leva de volta a dois ou três posts atrás, temos que achar a paz nas coisas simples, mas também buscar sentimentos fortes... nos contentar com o que temos, mas ainda assim buscar mais.
É tudo uma questão de equilíbrio.

Bom, lá vai o texto:

Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável.

A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos.

Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser magérrimos, sarados, irresistíveis.

Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema: queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa cinco estrelas.

E quanto ao amor? Ah, o amor... não basta termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo.

Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados, queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito.

É o que dá ver tanta televisão. Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista. Ter um parceiro constante, pode ou não, ser sinônimo de felicidade.

Você pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com um parceiro, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio. Dinheiro é uma benção.

Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo. Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado.

E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda, buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade. Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável. Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno.

Olhe para o relógio: hora de acordar. É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza, instiga e conduz mas sem exigir-se desumanamente. A vida não é um jogo onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se.

Invente seu próprio jogo.

Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não sentimentos fortes, que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração. Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade.


Mário Quintana

8 de jul de 2008

Elevei minha alma pra passear

Um dia qualquer. Mas não menos importante que qualquer outro.




Um fim de semana qualquer, não mais, não menos importante que qualquer outro. Mas sem dúvida um fim de semana perfeito.

OBS: Esse é um post egoísta, escrevi ele para mim e para mim apenas. Alguns vão entender algumas partes, outros vão entender outras, mas só eu sei o que se passa nessa cabecinha, então não tirem conclusões sobre o que escrevo, chega de mal entendidos, CERTO??? HAHAHAHA

Como diz o Greg: A parte é o todo e o todo é a parte.
Cada pequeno momento, único por si só se uniram para formar um todo animal que foi o fim de semana.

. o lanche apressado no McDonald's...
. as pessoas que conheci...
. as músicas que conheci...
. as 2.30h me esperando na rodoviária (coitada)...
. as pessoas que conheci de forma nova...
. o "médio bom pra caralho"...
. o mastro de São João e a oração em volta dele...
. PAÇOCA DE CARNE... hmmmmmm
. as pessoas que revi...
. as pessoas que quero rever...
. a confiança que depositaram em mim...
. Maluf o.O...
. um mergulho...
. o mergulho que fiz no passado...
. o eu que quero voltar a ser...
. o novo eu quero aprender a ser...
. as coisas que aprendi...
. as coisas que ensinei...
. as coisas que não entendi...

Obrigado às "partes" que fizeram parte desse todo e aos "todos" que fizeram parte dessa parte.

Carpe diem quam minimum credula postero.

3 de jul de 2008

Dicas

Dando conselhos a quem os quiser:

YES YES: molho barbecue Hunt's, hmmmm... fui no Pão de Açúcar outro dia e resolvi comprar uma garrafinha. OH GOD, parece que eu estou em um churrasco, só faltou deixar minha roupa com cheiro de fumaça, hehehe (e além de tudo é bem ardidinho, SHOW)

NO NO: o filme "O Fim dos Tempos". TAQUEOPARIU, fui no cinema com a Panguinha que teve a infeliz idéia de escolher esse filme ao invés de Wall-E.
Desastre, o Mark Wahlberg tá PÉSSIMO, fazendo umas caras ridículas no close e até o John Leguizamo (que eu curto demais) tá esdrúxulo nesse filme. Fotografia, takes, planos e até/principalmente trilha sonora antiquados, me senti assistindo um filme B de 1993, não... 1989.

Tudo bem Panguinha, não foi sua culpa.

PS: estou entrando em crise de abstinência preciso escalar

2 de jul de 2008

Shades of gray

Lição do dia (ou noite, sei lá): Não eleve demais suas espectativas, suas chances de se decepcionar se elevam proporcionalmente... além do que, se for afobado, você ainda pode tropeçar e cair antes de chegar.

Como o Nicho disse uma vez, ter blog é interessante como uma forma de expressar suas idéias independente se alguém lê ou não e, no futuro, você olhar para trás lembrar da forma que encarava as coisas (tipo, acompanhar sua evolução... ou involução, hehehe).

Eu acho que no final das contas é tudo uma questão de equilíbrio,


Dean Potter fazendo highline a 900m do chão.


tipo...

. ter confiança para tentar, mas não ser prepotente, jamais "se garanta" demais ou ache que você sabe o suficiente, pois você NUNCA vai saber tudo sobre NADA
. não levar nada muito a sério, mas não levar tudo na brincadeira
. ter boas e longas horas de lazer, mas conseguir cumprir com suas responsabilidades
. economizar, mas se dar ao luxo de pagar caro em um restaurante gostoso de vez em quando
. beba vinho, mas não exagere, a ressaca é de fu*** HAHAHA
. gostar de alguém, mas sem se tornar dependente
. faça bastante esporte, mas cuide do seu corpo não vá se lesionar (esse é difícil pra mim, HAHAHA)
. viajar MUITO, mas sempre reservar um tempo para seus parentes e amigos (esse fds tá difícil decidir nesse aspecto)
. tenha mente aberta e ouça conselhos alheios, mas não se esqueça de SUAS convicções, SUAS crenças e SEUS valores
. dê conselhos, mas não seja invasivo, não tente transformar os outros em 'você'
. não se preocupe com marcas e rótulos, mas não deixe de se vestir bem ou comprar coisas de qualidade para você
. não se importe com o que os outros pensam de você, mas também não saia por aí fazendo merda e sujando sua imagem
. não "overlook" seus problemas, mas PELO AMOR... aprenda a abstrair e curtir o momento
. MUDE, mude sua forma de pensar, seus hábitos, suas metas, mas não deixe de ser você
. saia bastante com amigos, mas tire umas 6 horinhas consigo mesmo, hehehe
. viaje MUITO, mas aprenda a curtir sua casa (já falei viajar, né?)
...

Não se deve tentar ser totalmente de um jeito ou totalmente de outro e nem tentar ser exatamente o meio termo entre opostos, o equilíbrio nem sempre fica no MEIO, hehehe.

"It's not all black and white, it's shades of gray".


Acho que viver/amadurecer consiste em balancear essas coisas (e muitas outras, claro). Achar o ponto ótimo de tudo isso é, óbviamente, impossível, mas acho que a felicidade é achar pontos de conforto nessa balança que também não tem que ser estática, pois nada é.

PS: não consegui pensar num equivalente pra "overlook"
 
Clicky Web Analytics